Os Descobrimentos portugueses.

clip_image002

Há unanimidade entre os historiadores em considerar a conquista de Ceuta como o início da expansão portuguesa, tipicamente referida como os Descobrimentos. Foi uma praça conquistada com relativa facilidade, por uma expedição organizada por D. João I, em 1415. A aventura ultramarina ganharia grande impulso através da acção do Infante D. Henrique reconhecido internacionalmente como o seu grande impulsionador.

Terminada a Reconquista, o espírito da Cristianização dos povos muçulmanos subsistia. Portugal dirigia-se agora para o Norte de África, de onde teriam vindo os mouros que invadiram a Península Ibérica e aí se estabeleceram. Não obstante, Portugal não podia disfarçar o seu interesse económico, já que era também pelo Norte de África que passava a rota das especiarias, um género de grande valor devido ao esforço necessário para fazê-lo chegar à Europa.

Portugal inicia assim um projecto nacional — o Norte de África que se iria estender a toda o continente africano e mesmo até à Ásia, que se prolongou por vários reinados e séculos, desde o reinado de D. Dinis (1279), com contactos nas Ilhas Canárias, até ao de D. João III (1557), altura em que se estabelecia o Império Português.

Bibliografia:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Descobrimentos_portugueses

Grupo 8:

Ana Isabel nº3

Ana Patrícia nº4

Lília Cardoso nº9