Maria Alberta Meneres

clip_image001

    Maria Alberta Meneres, de seu nome completo Maria Alberta Rovisco Garcia Meneres de Melo e Castro nasceu

em Vila Nova

de Gaia, em 1930. Licenciou-se

em Ciências Histórico-Filosóficas

, pela Universidade Clássica de Lisboa.

Foi professora do ensino secundário e colaborou em diversas publicações. A sua primeira obra data de 1952 e intitula-se Intervalo.

Maria Alberta Meneres tem dedicado grande parte da sua obra à literatura infantil e juvenil e produziu nesta área programas de televisão, sendo em 1975 sido nomeada chefe do departamento de programas infantis e juvenis da RTP.

Ao longo da sua carreira tem recebido inúmeros prémios nomeadamente o Prémio de Literatura Infantil da Fundação Calouste Gulbenkian, em 1981.

Obras

  • O Poeta Faz-se aos 10 Anos, 1973

  • A Chave Verde e os Meus Irmãos, 1977

  • Hoje há Palhaços, 1977

  • Primeira Aventura no País do João, 1977

  • Antologia da Poesia Portuguesa (1940-1977)

  • Intervalo, 1952

  • Cântico de Barro, 1954

  • A Palavra Imperceptível, 1955

  • Oração de Páscoa, 1958

  • Água - Memória, 1960

  • A Pegada do Yeti, 1962

  • Poemas Escolhidos, 1962

  • Os Mosquitos de Suburna, 1967

  • Conversas em Versos , 1968

  • Figuras, Figuronas, 1969

  • Lengalenga do Vento , 1976

  • Um + Um = Dois Amigos, 1976

  • E Pronto, 1977

  • O Robot Sensível, 1978

  • Semana Sim Semana Não, 1978

  • Antologia da Novíssima Poesia Portuguesa, 1982

  • Ulisses

http://www.ecolenet.nl/tellme/poesia/alberta.htm

http://pt.wikipedia.org/wiki/Maria_Alberta_Men%C3%A9res

Grupo 2:

Ana Catarina, nº3;

Ana Cristina, nº4;

Mariana Tomás, nº14.