Quem eram os Templários?

clip_image002

Os templários surgiram como uma espécie de exército religioso: uma ordem formada por monges cavaleiros para proteger Jerusalém após a conquista da cidade, no século XII, pelas Cruzadas (expedições organizadas pelos cristãos para tirar a região do domínio muçulmano). Cavaleiros franceses criaram o grupo em 1139, inspirados por São Bernardo. Em Jerusalém, o grupo ocupava uma ala do palácio real da cidade, parte do Templo de Salomão. Daí veio o nome Templários para a ordem, também formalmente conhecida como Cavaleiros Pobres de Cristo e do Templo de Salomão. Sua principal identificação era a túnica branca com uma cruz. Acumularam uma fortuna incalculável, recebendo doações de terras, castelos e outros bens.

Porém, nobres e reis importantes sentiram-se incomodados com o crescente poder económico e político dos templários. Filipe IV, rei da França, devia dinheiro à ordem e ordenou o confisco dos bens e a prisão dos cavaleiros que viviam em seu reino. A perseguição espalhou-se para outras regiões e os templários passaram a ser acusados de corrupção e aliança com o Islão. Assim, por pressão do rei francês, o papa Clemente V determinou que a ordem fosse dissolvida em 1312. Apesar da extinção, os mitos criados em torno dos templários permaneceram vivos.

Bibliografia

http://mundoestranho.abril.com.br/historia/conteudo_mundo_45337.shtml

Grupo 12

Cristiana

Sílvia