TODOS DIFERENTES TODOS IGUAIS.

Racismo, como nasceu? 

O racismo surge na Cultura Ocidental, ligado a certas concepções sobre a Natureza Humana que fundamentaram a sua descriminação, tendo em vista a exploração de certos povos.

Racismo, o que é?

Crença segundo a qual as capacidades humanas são determinadas pela raça ou grupo étnico, muitas vezes expressa na forma de uma afirmação de superioridade de uma raça ou grupo sobre os outros. Pode manifestar-se como discriminação, violência ou abuso verbal.

MAS AFINAL O QUE É O RACISMO?

A cor é apenas o sinal mais evidente da diferença, porque o nosso racismo na verdade é contra aquele que não é como nós – preto, branco, mais alto, mais baixo, que cospe na rua ou usa o boné virado ao contrário. O nosso racismo, que se faz sentir de maneiras mais ou menos subtis, nasce do nosso medo do desconhecido. E a única forma verdadeira de o vencer é dar o desconhecido a conhecer.'

POR ISSO CONCLUIMOS QUE DE ALGUM MODO

SOMOS TODOS RACISTAS…

Diferença entre racismo e preconceito 

O preconceito pode significar o desprezo por alguém antes mesmo de saber o que quer que seja sobre ele, mas sem ter, necessariamente, o poder de influenciar a sua vida negativamente. Quanto ao racismo, está relacionado com o funcionamento de toda uma sociedade e inclui o poder de pôr os preconceitos racistas em acção. A maioria tem poder sobre a minoria e pode, intencionalmente ou não, praticar actos racistas. Assim, o racismo implica ter o poder para discriminar e prejudicar as pessoas
sob pretexto de serem diferentes.'

BIBLIOGRAFIA:

Confrontos.no.sapo.pt/page7.html

Www.minerva.uevora.pt/publicar/racismo/racista _eu.htm

                                    

Trabalho de:

Cátia Costa nº5

Sandrina Miguel nº11

Tania Nogueira nº14